Data Services

Somos a sua referência em Big Data & Machine Learning

O que oferecemos?

Projetamos, construímos e implementamos plataformas, produtos digitais e arquiteturas de TI que transformam os clientes em organizações mais autônomas, produtivas e ágeis. Nossas principais competências são: Business Intelligence, Big Data e Machine Learning.

Machine Learning

Utilizamos técnicas de Inteligência Artificial para resolver seus problemas ou explorar oportunidades

Big Data

Desenvolvemos projetos de Data Warehouse, Data Lake & Data Pipeline

Databases

Suporte & Consultoria em bancos de dados PostgreSQL e MySQL

Youtube

Nosso canal no YouTube: Webinars, Meetups e Podcasts

Meetup

Entre em nossa comunidade para ficar de olho em nossos próximos eventos

CyberSecurity

Através de nossa parceria com a Kryptus, garanta a segurança de seu ambiente digital

Outros Serviços

Feedbacks

O que nossos clientes dizem sobre nós:

img

A Máquina de Dados possui uma verdadeira parceria com os clientes, conhece a fundo nosso ambiente e possui muita qualidade técnica.

João Lanaro - IT Manager

Posts

Executive Summary #08: Tudo sobre Data Mesh

Executive Summary Banner

Esta é a Executive Summary, a nossa curadoria de conteúdo para executivos e líderes que são stakeholders em projetos de Data & AI.

Na edição deste mês temos apenas 1 tendência: Data Mesh. Recomendamos a leitura do artigo original da Thoughtworks, que cunhou este termo.

Abaixo, o nosso resumo executivo:

Tendência 01/01
Data Mesh

O que é?
Esta dica é baseada no artigo original da Thoughtworks, que você pode encontrar aqui. Trata-se de uma proposta para mudarmos a forma monolítica de construirmos arquiteturas de dados, que perdura desde os tempos do Data Warehouse.

Por que isto é interessante?
As estruturas de dados modernas (ex: Data Lake), possuem diversas tecnologias para ingestão, armazenamento e uso dos dados, porém a arquitetura em si é geralmente monolítica e tratada por um time centralizado de especialistas. Este tipo de arquitetura não funcionou para a Engenharia de Software no geral, que se modernizou e se especializou em micro-serviços (lado técnico) e squads que gerenciam estes serviços (lado organizacional). Por isso, para que possamos escalar nossas estruturas de dados, temos que aplicar os mesmos conceitos a elas.

Como posso colocar em prática?
Leia o artigo para maiores detalhes, porém de maneira objetiva: é necessário que cada Domínio cuide de seus próprios dados, tanto de maneira operacional (OLTP) quanto de maneira analítica (OLAP). Aqui cabe a filosofia da Amazon Web Services: cada serviço construído deve servir como um bloco, que poderá sustenar a criação de novos serviços a partir destes.


Update Sem Where #50

Logo da nossa newsletter, chamada Update sem Where

[Análise]   
Não é surpresa para ninguém que o mercado de tecnologia possui falta de mão de obra qualificada. E não é apenas no Brasil!

A crescente digitalização das empresas (em parte impulsionada pela pandemia) e a grande tendência de permitir o trabalho remoto (também em grande parte impulsionada pela pandemia), fez com que a competição por talentos, antes baseada na localização, se torna-se uma luta global e desigual por talentos.

Global pois remota e desigual pois, com o real desvalorizado frente a outras moedas, fica muito fácil para empresas extrangeiras conseguirem atrair candidatos com salários exorbitantes, se convertidos para o Real, mas que na moeda de origem, podem representar menos do que se pagaria a um profissional morando naquele país. Ganha-ganha para quem contrata e para quem é contratado.

No Brasil temos como defesa, e aqui com um tom de ironia, o fato de que cerca de 95% da população não fala inglês, que é a língua utilizada pelas empresas que contratam remotamente, mesmo que não sendo Norte-Americanas ou Inglesas. Sabe quando na entrevista de emprego te perguntam um defeito e você pensa em responder um defeito que seja uma qualidade (alô “perfeccionismo”)? Então, é mais ou menos por aí.

Porém, internamente, temos nossa própria batalha de talentos. Por isso, cada vez mais as empresas investem em cursos de formação, já visando contratar os com melhor desempenho.

Só neste mês temos mais de 5 mil vagas para cursos, vindas de empresas como Microsoft, Itaú e ciandt.

Não fique de fora. O mercado de tecnologia está aquecido e, se você planeja trocar de área para entrar na tecnologia, o momento é agora.

“Ah, mas tecnologia não é só para geeks?”, pode perguntar uma pessoa qualquer. Não, não é. Assim como a Medicina, a área de Tecnologia possui diversas especializações, indo de Vendas até Fabricação de Hardware, passando por Codificação, Gestão de Projetos, etc.

Não é um mercado fácil, pois você tem que estar sempre se atualizando. Mas, nada que vale a pena na vida é fácil. E é melhor enfrentar desafios estando empregado e, possivelmente, sendo bem pago, do que o contrário.

Boa leitura e boa sorte!

[Data Engineering & Machine Learning
Tag-based access control for modern data architectures
– Construa uma Arquitetura Data Mesh com AWS Lake Formation e Glue
– Release do Airflow 2.3.0
PyCaret 3.0 lançado!
MLOps em 10 minutos
– Microsoft oferece 5 mil vagas gratuitas em capacitação
– ciandt abre vagas para curso gratuito de capacitação
– Itaú oferece vagas gratuitas para curso de capacitação
Operacionalizando Machine Learning em 10 passos
PyDon’ts: Ebook com melhores práticas para codificação em Python

[Amazon Web Services]  
– Agora é possível criar Jobs Visuais no AWS Glue Studio
AWS Glue Interactive Sessions permite o uso de notebooks no Glue
– AWS Athena adiciona conectores aos principais concorrentes
– Redshift agora possui integração com Microsoft Azure AD e PowerBI
– AWS MSK lançado, tornando o Kafka As A Service disponível

[Microsoft Azure]  
– Utilize a Plataforma Power para construir soluções Low Code
– Lançado o Azure Health Data Services
– Microsoft libera a Feature Store do Linkedin

[Google Cloud Platform]  
– Lançada a nova plataforma AlloyDb
– Links para as diversas sessions workshops gravadas no Google I/O
– Resumo de algumas novidades anunciadas no Google I/O
– Utilização de Machine Learning para melhorar o trabalho remoto
– Lançado o Big Query BI Engine!
– GCP lança o whitepaper The Future of Data
– Participe do Google Cloud Applied ML Summit
– Google lança o Cost Esmimator chamado GKE

[Databases]  
Postgres: Parquet e Postgres em um Data Lake
Postgres: Monitoramento de query com pg_stat_statements
Postgres: Entenda sua carga com pg_stat_monitor
Postgres: Um guia para migrações com zero downtime
Postgres: Analisando o IO do Postgres
Postgres: Fazendo tuning do auto-vacuum